Kelley Stoltz, “Double Exposure”: o homem certo, no tempo certo

Kelley-Stoltz-Double-Exposure-590x590Finalmente, Kelley. Que raio andaste a fazer até aqui? Certo, foste o eterno vagabundo em busca de morada confortável, de Nova Iorque até São Francisco. Mas podias ter percebido há uns quantos álbuns atrás (e o primeiro é de 1999, em anos dá uma conta valente) que era esta a tua missão: pegar nos Velvet Underground (até dói juntar estas duas palavras esta semana) e juntar esse ritmo de guitarras nascidas na cave ao colorido psicadélico da costa Oeste dessa tua América. Com menos vontade de ser um miserável sem remédio com o carimbo da chuvosa Sub Pop e decidido a fazer canções com o aval da Third Man Records de Jack White. Chegas a fazer canções de nove minutos e não há quem se perca no meio de tamanha hipnose. Músico pop, com tudo o que a palavra permite. Ah, valente, só te resta manteres tudo isso em palco e não há quem te agarre.

publicado no i
Esta entrada foi publicada em Discos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s