Linda Martini, “Turbo Lento”: Terceira a fundo

tlQuase dez meses à espera de alguém que não tenha medo de partir ferro. Valem-nos os Linda Martini, mais que a tempo de oferecer a 2013 um mosh pit para estimar. Novo disco, mais alto, mais cuidado, nem por isso com menos vontade de gerar a confusão onde ela não existia nem há cinco segundos. É o que eles fazem, pois é, mas nunca o fizeram tão bem, com tanta classe e desaforo ao mesmo tempo. “Turbo Lento” tem guitarras em luta contra a bateria, do princípio ao fim. Fazem intervalos mas também jogam tempo extra. É punk rock que estica a corda para chegar mais longe – e ai de quem lhe falte ao respeito e não lhe reconheça o peso e a atitude, apenas porque as canções se desdobram em muitas vontades diferentes numa só. Os Linda Martini a correrem como boa gente louca durante todo o disco, a pedir para chegarem ao palco, nós no mesmo caminho.

publicado no i
Esta entrada foi publicada em Discos, Linda Martini. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s