Jenny Hval faz o que quer e há poucas coisas melhores do que isso

Porquê? Porque é o desejo de toda a gente, fazer o que quer. Isso e mais nada. Não ir trabalhar amanhã, não comer à hora de jantar, comer antes ou depois – ou as duas coisas. Não ir ao festival, esse não, só porque vocês vão todos agora também tenho de ir? Ver a novela, claro. Não ver a série de televisão. Ter facebook só para ver o que os outros andam a fazer. Ter carta de condução mas não conduzir. Viver no campo, na cidade não vai dar. Atender o telefone só às vezes, quase nunca. Beber cerveja de lata, só porque sim.

No caso de Jenny Hval, faz o que quer para provocar até não termos mais escapatória, até termos de suspirar, de interromper a frase ou o pensamento, quer queiramos continuar a ver ou não, quer gostemos do que se está a passar ou nem por isso. A inocência não interessa a ninguém a não ser que seja para manter durante a idade adulta (isso é o quê mesmo?). Artista das coisas da música, escritora, jornalista, com mais um álbum editado este ano (Innocence is Kinky), mais John Parish a ajudar em estúdio. Tudo porque sim, porque quem pode pode:

Esta entrada foi publicada em Jenny Hval, Música, Vídeos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s