Guadalupe Plata: o diabo mora aqui ao lado

guadalupe_plata_600Os blues são coisa do mafarrico e esse também tem casa em Espanha. Há calor que baste, vinho a copo, boa mesa, líbido a tocar castanholas e sangue nas arenas. E os blues metem-se em tudo o que os Guadalupe Plata fazem, da brilhantina de rockabillys ao psicadelismo negro (aquele à moda dos Cramps). Os intrépidos aventureiros do velho Oeste a caminho da Califórnia, para fazer maldades das boas – mas vestidos de reis-lagartos da Andaluzia, com guitarras em slide como mandam os históricos e assombrados heróis da tradição americana que construiu este som. Música para dançar ou para ouvir na solidão, dá para os dois tipos de festa, com um anfitrião – Pedro de Dias Barcelo, guitarra e voz com pelo na venta – que cumpre no palco o que promete em disco. Para ver em Lisboa no Lounge (quarta-feira) e no Porto no Optimus Primavera Sound (quinta).

Esta entrada foi publicada em Discos, Guadalupe Plata, Música. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s