Chet Baker: há 25 anos fez-se cool para sempre

chetHoje é o dia certo para rodar “Chet Baker Sings”, para começar a usar brilhantina, de vez. Para ser miserável com gosto, um genial perdedor, que vive de enganos e desilusões. Ou que alimenta essa imagem porque nenhuma outra dá motivação para tocar, cantar, perder o sentido do tempo entre melodias e harmonias de sol sempre posto mas sempre quente. Baker, o herói da costa Oeste, que lá chegou depois de deixar o estado de Oklahoma, nada cool, nada. Que viveu para tocar, abandonou tudo sempre em favor das canções. A escola, o exército, a família, as regras, o futuro, que a responsabilidade de Chet, enorme, era outra.

Foi aprendiz de bebop, antes de ser mestre do cool jazz. Charlie Parker levou-o a passear quando tocou para os lados do Pacífico. Gerry Mulligan fez o mesmo e os anos 50 haveriam de pertencer a Baker. Veludo mais que raro de encontrar, na voz, no trompete, no fliscorne, que nenhum outro notável desencantado conseguiu juntar da mesma maneira, em estúdio ou em palco.

Encheu a cara forte e feio, com tudo o que pode. Bateu no fundo para cumprir profecias de descida aos infernos, mudou-se para a Europa e continuou a encantar. Haveria de protagonizar um regresso, explicar a outras gerações o porquê de o termos sempre a tocar; e morreu a 13 de Maio de 1988, com 58 anos que pareciam bem mais, num quarto de hotel de Amesterdão, sozinho com a química que o fazia andar. “Chet Baker Sings” acaba com “Look for the Silver Lining”, à procura do final feliz. Termina o álbum, regressamos à faixa número 1.

Esta entrada foi publicada em Chet Baker, Música. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s