Os Vampire Weekend a cobrir todas as bases como deve ser

“Diane Young” e “Step”. São os primeiros dois pedaços de “Modern Vampires in the City” que temos para ouvir. Assim, um a seguir ao outro, são motivos para dar graças pelos Vampire Weekend e pelas sonoridades díspares que insistem que seja presença adquirida no que fazem. Por isso aí estão, um a seguir ao outro:

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s