Cody ChesnuTT, ‘Landing on a Hundred’: funk-soul rufia

Dez anos para regressar aos discos. Talvez não tivéssemos contado o tempo se em 2002 a maravilha que foi “The Headphone Masterpiece” não tivesse acontecido. Mas poucos são os que usam a canção como Bimby para soul, funk, r&b, rock, pop e colecções de discos de jazz e se saem com tais iguarias. Foi essa a fórmula da colecção de 36 temas que ouvimos faz tempo e é esse o método mais uma vez utilizado para este regresso. Cody, o cantador de bairro para o resto do mundo, acredita que a rua dá histórias a quem as colhe às memórias certas. Resgata-as ao esquecimento e dá–lhes sentido, actualidade, promove-as a consciência social sem querer ser paizinho de nenhum desgraçado.E nós dançamos em todos os momentos – discos gerados entre Atlanta e Memphis dão nisto. Não é genial porque já nos arrebatou antes com mais convicção, mas anda lá perto.

publicado no i
Advertisements
Esta entrada foi publicada em Cody Chesnutt, Discos, Música. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s