Adrian Younge, ‘Something About April’: Meu querido mês de Abril e tuas maravilhas

Perante “Something About April” podemos ir pelo conselho do autor do disco e ver esta sequência de 14 temas como uma ficção que regressa a 1968 e a uma relação conturbada entre amantes apanhados (ele negro, ela branca) no meio da luta pelos direitos civis nos EUA, no mês da morte de Martin Luther King Jr. Mas nada melhor que perceber como esta imagem não vai bastar para nos rendermos ao tipo egocêntrico que a fabricou. Adrian Younge (aqui como Venice Dawn), o tal que se fartou do hip hop no final do século XX e aprendeu tudo o que era instrumento para fugir a tudo o que tinha feito. Depois de bandas sonoras (para filmes imaginados e não só), a primeira narrativa com vida própria em disco vem da soul de Isaac Hayes e Curtis Mayfield mas com vénias ao psicadelismo de câmara lenta, Ennio Morricone e trip hop pelo caminho. Nada de novo mas com um bom gosto raro na hora de misturar tanta referência.

(publicado no i)
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Adrian Younge, Discos, Música. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s