Norberto & João Lobo no Maria Matos: conversa de amigos

Uma conversa de amigos, foi o que foi. Abano a cabeça daqui, arregalo os olhos dali e já sabemos os dois para onde é que isto vai. Correcção: falta-nos o destino mas o mapa já cá canta. Norberto e João Lobo, em palco, comportam-se como aventureiros de road trip – está marcado o hotel (coisa modesta) para a primeira noite mas o resto vai em modo logo se vê. Não houve só improviso. Esta gente veio do estúdio, onde esteve a gravar Mogul de Jade, o disco a editar em Março. Mas, como os próprios ameaçaram e tão bem se viu, o trabalho não está terminado e o que se passou no Maria Matos (e vai passar em Guimarães, sábado, no Centro Cultural Vila Flor) vai obrigar a uma apaga-e-faz-de-novo aqui e ali. Mas sobre aquilo que o disco nos vai contar, logo se vê. Em palco, momentos houve em que o diálogo convidou menos à participação de terceiros, outros em que se ouviu “esta guitarra e esta bateria sozinhos partem pedra” e todos estavam no comboio. Com vozes e teclas a surpreender nos espaços da chuva, como que a assegurar: “Isto pode ir por tanto lado, nem nós sabemos bem por onde.”

Fotos de Ágata Xavier
Anúncios
Esta entrada foi publicada em concertos, João Lobo, Música, Norberto Lobo. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s