Para fazer a coisa bem feita, antes que seja tarde, melhor, dia 1 (que é como quem diz, listas)

Não houve disco que aos dois primeiros meses do ano deixasse a concorrência encostada; e não passou por 2011 um colecção de canções impossivelmente unânime como outros anos ofereceram. Mas daí até estas evidências serem coisa má vai um caminho valente. A verdade é que 2011 foi enorme, mais longo que os outros anos, porque houve tudo para todos, em doses inesperadas e com fronteiras mais efémeras que o Verão (qual Verão?). A canção-rebuçado que é um ensaio rítmico e o comprimido electrónico que só está à espera de uma voz para se transformar em super-pop-produto. E mais os virtuosos envergonhados que passam a ser apenas mestres e os que só contam as histórias dos vizinhos e merecem vénias pela forma como o fazem.
Voltando atrás: isto são evidências só para alguns (pelo menos um, vá, o que aqui colocou números à frente dos álbuns e seus responsáveis), que cada um faz aquilo que pode com o que tem. Com os discos é igual. Porque a verdade é que se todos escutássemos as mesmas maravilhas e delas retirássemos as mesmíssimas epifanias, fazer listas seria tarefa mais que absurda. Não que seja útil, mas diverte e organiza as ideias. Nem que seja para perder a validade passados uns meses – nada contra.

Discos nacionais

1 – Norberto Lobo, ‘Fala Mansa’
2 – Dead Combo, ‘Lisboa Mulata’
3 – Osso Vaidoso, ‘Animal’
4 – You Can’t Win Charlie Brown, ‘Chromatic’
5 – Julie & The Carjackers, ‘Parasol’
6 – The Glockenwise, ‘Building Waves’
7 – Aldina Duarte, ‘Contos de Fados’
8 – Tiago Sousa, ‘Walden Pond’s Monk’
9 – PAUS, ‘PAUS’
10 – Aquaparque, ‘Pintura Moderna’

Discos internacionais

1 – tUnE-yArDs, ‘w h o k i l l’
2 – PJ Harvey, ‘Let England Shake’
3 – Jonathan Wilson, ‘Gentle Spirit’
4 – Fleet Foxes, ‘Helplessness Blues’
5 – Metronomy, ‘The English Riviera’
6 – Tom Waits, ‘Bad as Me’
7 – Zomby, ‘Dedication’
8 – Real Estate, ‘Days’
9 – James Blake, ‘James Blake’
10 – Cass McCombs, ‘Wit’s End’

Anúncios
Esta entrada foi publicada em listas, Música. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s