Tom Waits, ‘Bad as Me’: A ópera do malandro

Tom Waits numa esquina deserta, de chapéu a fazer-lhe sombra sobre os olhos e de mãos nos bolsos de uma gabardine mal amanhada? Em podendo é fugir, que este homem não perdoa gente sem pecados; é gajo para antecipar todas as palavras de quem o olha nos olhos; o tipo que obrigaria Mário Crespo a dizer, mais uma vez, “mete medo entrevistá-lo”. Ou então é tudo treta e este bom-malandro é um peluche de barba rija, um pai-avô que se derrete com pouco calor, um coração mole de paixões para sempre adolescentes. O que diz “Bad as Me”, o novo álbum, o primeiro feito apenas de originais em sete anos? Tom Waits é o exemplo da bipolaridade saudável, é tudo ao mesmo tempo e é essa existência rara que lhe dá brilho à rouquidão.

O homem das cidades bem bebidas, que descobriu a redenção nos braços de uma mulher, é há muito o dono e senhor da vida tranquila que arranca da terra e da família, com espaço que chega para reflectir e gerar algumas das mais brilhantes aventuras discográficas que a música popular destemida já viu. O que aconteceu em “Bad as Me”? Um Tom Waits que junta os tais dois lados da mesma moeda para fazer um disco de instinto, um compêndio de blues e rockabilly, de folk distorcida e baladas de contrabaixo ébrio. É um regresso próximo de “Mule Variations”, o sucesso de vendas de 1999 que aproximou Waits das rádios e do público que habitualmente estranha a música nascidas das sucatas e dos celeiros abandonados. Mas desta vez, este vagabundo manda beijos e abracinhos pelos versos; diz que o melhor do mundo são as mulheres; e faz das promessas nunca concretizadas coisas de boa memória. Afinal, não assusta nem assombra como poderíamos desejar, quer dizer, temer, mas para encontro das várias caras que Tom Waits já teve, é um mash up formidável.

publicado no ‘i’
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Discos, Música, Tom Waits. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s