Vic Chesnutt: 1964 – 2009

De Athens, Georgia, absorveu a aparente caracterista genética transmitida pela geografia local: transformar o quotidiano em música intimista e reveladora, uma espécie de revolta pessoa que, depois de cantada, se torna propriedade deste e daquele. Rimas que apregoam a liberdade de escolha, sem agenda nem requisitos mínimos. O próprio fazia questão de ser profeta da sua missão, recusando sempre todo e qualquer título. Vic Chesnutt morreu no dia de Natal. Ficam os que o escutaram com as memórias e a obra que escreveu como legado para todos os (muitos) outros o encontrarem.

MySpace

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Música, Vic Chesnutt. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s